Loading...
Loading...
Loading...
Loading...

UBE

Loading...
Loading...

Rosas pra você

Loading...

online

Loading...

ELE É...O MEU DEUS DO IMPOSSÍVEL...

Loading...

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Saudades.


Li em algum lugar a frase:Saudades não mata mas tortura.
Sabe,em outros tempos eu concordaria com essa frase,mas hoje,mesmo vivendo sozinha(na ausência de pessoas principalmente da família e amigos)em uma cidade onde moro a pouco tempo e poucas pessoas conheço,mesmo passando sábados e domingos sozinha,mesmo acordando,almoçando,jantando,e indo dormir "sozinha",mesmo assim a saudade não consegue me torturar porque acima de tudo eu creio num Deus maravilhoso que sei,trabalha por mim,um Deus que me ama tanto que me resgatou de uma vida de traição,humilhação,escravidão,cegueira e desprezo.
Demorei a entender o porque de todas as coisas e toda aquela solidão e dor que estava passando,mas hoje,eu tenho certeza no meu coração que ELE me ama, por isso estou aqui,longe de tudo e de todos que me feriram,que me machucaram.
ME afastou para restaurar a minha vida,minha auto estima e principalmente para que eu o conheça melhor e não só de ouvir falar.A três anos e meio estou neste deserto mas passou tão rápido que quando vejo no calendário que já faz todo esse tempo fico assutada de como Deus me confortou e fez parecer que tudo aconteceu ontem.
Hoje eu consigo ser feliz mesmo na ausência de pessoas porque meu coração está cheio do amor de Deus.Sei que ELE sempre vai querer o melhor para mim,e que estou passando por essa prova para ser aprovada e tudo sera restituído,tudo será feito novo, eu creio em nome de Jesus.Como  ELE mesmo fala na sua palavra que está em;(2 coríntios 5-17 :Portanto,se alguém está em Cristo,nova criatura é;as coisas velhas já passaram;eis que tudo se fez novo.)
Obrigado meu ABA PAI,por me resgatar.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

"Orai sem cessar." I Tessalonicenses 5.17

Boas coisas acontecem quando você menos espera!!!

Vamos tirar um tempinho e orar.

Querido Deus, eu agradeço por este dia, eu agradeço por ser capaz de ver e ouvir esta manhã, eu sou abençoado porque o Senhor é o Deus do perdão e da compaixão, o Senhor tem feito muito por mim e continua me abençoando.
Perdoe-me neste 
dia por tudo que eu tenha feito, dito ou pensado que não era agradecimento ao Senhor.

Eu peço agora por Seu perdão!

Por favor, mantenha-me a salvo dos perigos e tormentas.

Ajude-me a começar este dia com uma nova atitude de gratidão plena.

Deixe-me fazer o melhor a cada e todo dia para limpar a minha mente para poder Ouvi-lo.

Por favor, que minha mente possa aceitar todas as coisas que vierem de Ti.

Não me deixe lamentar e queixar sobre as coisas as quais não tenho controle.

E esta é a melhor resposta quando eu estiver além do meu limite.

Continue a me usar para fazer a Sua obra.

Continue a me abençoar para que eu possa ser uma bênção para os outros.

Mantenha-me forte para que eu possa ajudar os necessitados...

Mantenha-me de pé para que eu possa ter palavras de encorajamento para os outros.

Mas eu agradeço ao Senhor porque eu acredito que Deus muda as pessoas e as coisas.

Eu oro pela paz, amor e alegria em suas casas.

Que eles quitem seus débitos e tenham todo alimento de que necessitam.

Eu oro para que todos os olhos que leiam esta oração não saibam o que é problema, circunstância ou situação maior que Deus.

Senhor, toda batalha está em Tuas mãos para lutar conosco.

Eu oro para que estas palavras possam ser recebidas no coração de cada um que a leia.

Apenas repita esta frase e veja como Deus se movimenta em nossas vidas.

Deus, eu Te amo e preciso de Ti, Senhor. 
Senhor Venha para o meu coração, por favor. 
EM NOME DE SEU FILHO JESUS AMÉM.

Você, com certeza, receberá bênçãos sem conta, da parte de Deus, Ele te Ama e nós também

Colaboração de Um Amigo de Deus

quarta-feira, 23 de maio de 2012

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã." Salmos 30.5

As vezes o propósito de Deus não é do jeito que a gente espera

Às vezes, Ele nos permite até chorar e ter que enfrentar a guerra

A gente só precisa entender, Deus prova aqueles que são escolhidos

Não pense que Ele não te ama, mas é que Ele tem propósito contigo!

Deus pode permitir o choro, mas depois consola.

Pode permitir a dor, mas depois Ele cura, 

Pode permitir a prova mas a recompensa chega no final.

Deus pode permitir a queda, mas depois levanta

Pode permitir a luta, mas depois Deus sempre chega com vitória.

A tua vida tá no controle de Deus.

Tua casa tá no controle de Deus

Suas promessas Deus tem guardado na palma da mão.

O teu futuro tá no controle de Deus

Tua história está no controle de Deus, te aquieta!

O Senhor está a contemplar a tua causa

Seja lá qual for a situação que você enfrenta, tão somente creia!

Pois o Senhor se coloca de pé para pelejar por ti! ...

CREIA NO AGIR DE DEUS!

Desconheço o Autor

Colaboração de Uma Amiga de Deus Teresinha Cruz

--

segunda-feira, 21 de maio de 2012

"Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós; e nós devemos dar a vida pelos irmãos." I João 3:16
Há muito tempo atrás, existiu uma menina, muito  linda, saudável e amável.
Não havia ninguém que não gostasse da menina, que tinha 8 anos.
Mas a menina ficava constrangida sempre que a viam com a sua mãe. 
A mãe da menina era cheia de cicatrizes no corpo e no rosto. 
Mas as mãos da senhora eram ainda mais horrorosas. 
Eram vermelhas, constantemente saia pus e ficava em carne viva. 
Tinha ainda deformações horríveis. 
A menina detestava estar com a mãe em público.
Não entendia porque a mãe era assim, e se constrangia com a sua presença na escola ou em festinhas a qual era convidada. 
Um dia, cansada de ser esculachada pelas colegas e ouvir comentários de pena dos professores, a menina chamou a mãe e perguntou: 

- Mãe, não há nada que você possa fazer em relação ao seu corpo e suas mãos?
- Não minha filha, respondeu a mãe.
- Mas por que? 
- Os médicos disseram que era irreversível minha filha.
- Por que você ficou assim? Por que você não é igual a mãe das minhas colegas, que são lindas e possui mãos mais belas ainda? 

A mãe olhou para a filha e respondeu:

- Há sete anos atrás, eu estava tomando banho e a minha empregada deixou uma vela acesa próximo da cortina. A cortina pegou fogo em contato com a vela. Saí do banho e fiquei desesperada, pois bem próximo a cortina estava o berço da minha filha. Desesperada e vendo o fogo se alastrar, puxei a cortina com as minhas mãos, e, sem querer a cortina se enrolou no meu corpo, com o fogo alto. A empregada trouxe um balde de água, e foi por isso que me salvei a tempo. Mas as cicatrizes se tornaram irreversíveis. Mas não me arrependo, e a feiúra das minhas mãos foi um preço pequeno a pagar pela vida da minha filha. 
A menina chorou e se abraçou a mãe, pedindo perdão. 
Daquele momento em diante, nunca mais se envergonhou dela, e todos os dias repetia: obrigada.Agradeça sempre aos seus amigos e parentes por se preocuparem com você,
e nunca se envergonhe das deficiências dos outros.
Lembre-se, que por amor fazemos qualquer coisa, e que a beleza é algo secundário.

Desconheço o Autor

Isaías : 55

1 ó vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.
2 Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão! e o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e deleitai-vos com a gordura.
3 Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei um pacto perpétuo, dando-vos as firmes beneficências prometidas a Davi.
4 Eis que eu o dei como testemunha aos povos, como príncipe e governador dos povos.
5 Eis que chamarás a uma nação que não conheces, e uma nação que nunca te conheceu a ti correrá, por amor do Senhor teu Deus, e do Santo de Israel; porque ele te glorificou.
6 Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.
7 Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; volte-se ao Senhor, que se compadecerá dele; e para o nosso Deus, porque é generoso em perdoar.
8 Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.
9 Porque, assim como o céu é mais alto do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.
10 Porque, assim como a chuva e a neve descem dos céus e para lá não tornam, mas regam a terra, e a fazem produzir e brotar, para que dê semente ao semeador, e pão ao que come,
11 assim será a palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei.
12 Pois com alegria saireis, e em paz sereis guiados; os montes e os outeiros romperão em cânticos diante de vós, e todas as árvores de campo baterão palmas.
13 Em lugar do espinheiro crescerá a faia, e em lugar da sarça crescerá a murta; o que será para o Senhor por nome, por sinal eterno, que nunca se apagará.

quinta-feira, 17 de maio de 2012


"E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra." II Crônicas 7.14

Sonhei que fui pro céu e um anjo estava me mostrando o lugar.

Caminhávamos lado a lado por um escritório cheio de anjos.

O anjo que me acompanhava parou em frente à primeira seção e me disse:

"Essa é a seção dos Recebimentos. Aqui, todos os desejos pedidos a Deus em oração são recebidos."

Olhei ao redor e estava tudo muito movimentado, com muitos anjos selecionando pedidos em volumosas folhas de papel e recados de gente do mundo todo.
E aí continuamos a descer por um longo corredor até chegarmos na segunda seção.

Então o anjo me disse: "Essa é a seção de Empacotamento e Entregas. Aqui, as graças e bênçãos pedidas pelas pessoas são processadas e entregues aos vivos que pediram por elas.”

Percebi como, novamente, o lugar estava. Havia muitos anjos trabalhando muito naquela seção, pois muitas bênçãos tinham sido pedidas e estavam a ser empacotadas para a entrega na Terra.

Finalmente, ao final mais distante daquele corredor paramos em frente a uma porta de um pequeno lugar.

Para minha surpresa, havia somente um anjo sentado, sem fazer nada.

"Essa é a seção do Reconhecimento," meu anjo me disse, admitindo isso ao parecer envergonhado.

"Como assim não há nenhum trabalho sendo desempenhado aqui?", perguntei.

"É mesmo muito triste", o anjo suspirou. "Depois que recebem as bênçãos que pediram, muito poucos retornam os reconhecimentos."

"E como podemos reconhecer as bênçãos de Deus?", perguntei-lhe.

"Simples," o anjo respondeu. "É só dizer, 'Obrigado, Senhor.'."

"E quais bênçãos deveriam ser reconhecidas?" eu perguntei.

"Se você tem comida em sua geladeira, roupas sobre você, um teto sobre você e uma cama para dormir você é mais rico do que 75% desse mundo. Se você tem dinheiro no banco, na sua carteira, e o troco de uma refeição, está entre os 8% de afortunados do mundo."

"E se você receber isso no seu próprio computador, você faz parte do 1% do mundo que tem essa mesma oportunidade."

"Se acordou hoje de manhã com mais saúde do que doença, você é muito mais abençoado dos que os muitos que não conseguirão nem ao menos sobreviver ao dia de hoje."

"Se nunca teve de provar o medo em uma guerra, a solidão da prisão, a agonia da tortura ou pontadas de fome, está acima de 700 milhões de pessoas nesse mundo."

"Se podes ir à Igreja sem temer assédio, prisão, tortura ou morte, você é invejado e mais abençoado que três bilhões de pessoas no mundo todo."

"Se teus pais estão vivos e ainda juntos, você é ainda mais raro."

"Se podes erguer sua cabeça e sorrir. Você é único dentre aqueles todos em dúvida e desespero."

"Está bem. E agora? Como posso começar?"

"Se pôde ler essa mensagem, recebeste uma dupla bênção, pois alguém pensava em você como sendo muito especial e és mais abençoado do que mais de dois bilhões de pessoas no mundo que não conseguem ao menos ler."

Tenha um grande dia. Conte todas as suas bênçãos. E se você se importa, repasse a todos para lembrá-los o quão abençoados (e especiais) todos nós somos.

Desconheço o Autor (Não veio autoria no Email)

Colaboração de Um Amigo de Deus César Alexandre

quarta-feira, 16 de maio de 2012

"Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças." Filipenses 4:6

Eram aproximadamente 22h00min horas quando um jovem começou a se dirigir para casa. Sentado no seu carro, ele começou a pedir:

-"Deus! Se ainda falas com as pessoas, fale comigo. Eu irei ouvi-lo. Farei tudo para obedecê-lo"

Enquanto dirigia pela rua principal da cidade, ele teve um pensamento muito estranho:

-"Pare e compre um galão de leite".

Ele balançou a cabeça e falou alto:

-"Deus? É o Senhor?".

Ele não obteve resposta e continuou dirigindo-se para casa.
Porém, novamente, surgiu o pensamento:

-"Compre um galão de leite".

-"Muito bem, Deus! No caso de ser o Senhor, eu comprarei o leite".

Isso não parece ser um teste de obediência muito difícil... Ele poderia também usar o leite.
O jovem parou, comprou o leite e reiniciou o caminho de casa.
Quando ele passava pela sétima rua, novamente ele sentiu um pedido:

-"Vire naquela rua".

-Isso é loucura... Pensou e, passou direto pelo retorno.

Novamente ele sentiu que deveria ter virado na sétima rua.
No retorno seguinte, ele virou e dirigiu-se pela sétima rua.
Meio brincalhão ele falou alto

-"Muito bem, Deus. Eu farei".

Ele passou por algumas quadras quando de repente sentiu que devia parar.
Ele brecou e olhou em volta.
Era uma área mista de comércio e residência.
Não era a melhor área, mas também não era a pior da vizinhança.
Os estabelecimentos estavam fechados e a maioria das casas estava escura, como se as pessoas já tivessem ido dormir, exceto uma do outro lado que estava acesa.
Novamente, ele sentiu algo:

-"Vá e dê o leite para as pessoas que estão naquela casa do outro lado da rua".

O jovem olhou a casa.
Ele começou a abrir a porta, mas voltou a sentar-se.

-"Senhor, isso é loucura. Como posso ir para uma casa estranha no meio da noite?".

Mais uma vez, ele sentiu que deveria ir e dar o leite. Finalmente, ele abriu a porta...

-"Muito Bem, Deus, se é o Senhor, eu irei e entregarei o leite àquelas pessoas. Se o Senhor quer que eu pareça uma pessoa louca, muito bem. Eu quero ser obediente. Acho que isso vai contar para alguma coisa, contudo, se eles não responderem  imediatamente, eu vou embora daqui".

Ele atravessou a rua e tocou a campainha.
Ele pôde ouvir um barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma criança.
A voz de um homem soou alto:

-"Quem está aí? O que você quer?"

A porta abriu-se antes que o jovem pudesse fugir.
Em pé, estava um homem vestido de jeans e camiseta.
Ele tinha um olhar estranho e não parecia feliz em ver um desconhecido em pé na sua soleira.

-"O que é?".

O jovem entregou-lhe o galão de leite.

-"Comprei isto para vocês".

O homem pegou o leite e correu para dentro falando alto.
Depois, uma mulher passou pelo corredor carregando o leite e foi para a cozinha.
O homem a seguia segurando nos braços uma criança que chorava.
Lágrimas corriam pela face do homem e, ele começou a falar, meio soluçando:

-"Nós oramos. Tínhamos muitas contas para pagar este mês e o nosso dinheiro havia acabado. Não tínhamos mais leite para o nosso bebê. Apenas orei e pedi a Deus que me mostrasse uma maneira de conseguir leite.

Sua esposa gritou lá da cozinha:

-"Pedi a Deus para mandar um anjo com um pouco de leite... Você é um anjo?"

O jovem pegou a sua carteira e tirou todo dinheiro que havia nela e colocou-o na mão do homem.
Ele voltou-se e foi para o carro, enquanto as lágrimas corriam pela sua face.
Ele teve certeza que Deus ainda responde aos verdadeiros pedidos.

(Amigos de Deus)
Autor desconhecido

“setenta vezes sete”

"Olho por Olho, Dente por Dente "
 
"Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete". Mateus 18:22
 
Jesus estava dando uma aula sobre como perdoar “um irmão que pecar contra ti”. No meio do ensino, Pedro pergunta quantas vezes devemos perdoar: “Sete vezes?”. “Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete”. Mateus 18:22.
 
Cristo era reconhecido como um bom professor das Escrituras. À maneira dos rabinos da época, Ele usava ilustrações, jogo de palavras, parábolas. Quando Jesus disse a Pedro “setenta vezes sete” o objetivo óbvio foi declarar: o amor perdoador, exatamente porque vem de Deus, é inesgotável. Quando perdoa, o cristão fortalecido pelo Espírito não se preocupa com a contabilidade.
 
O “homem natural” não foi feito para perdoar. A filosofia ética, dentro da qual vivemos e somos ensinados, nos diz que nossos relacionamentos devem ser “bateu, levou”, “olho por olho, dente por dente”. Neste contexto, perdoar é sinal de fraqueza, de “falta de vergonha na cara”.
 
A Bíblia diz: “Deus prova o Seu amor por nós, em que Cristo morreu por nós, quando ainda éramos pecadores” (Rom. 5:8). Perdoar é um dos atributos “absurdos” de Deus, pois não somos merecedores de tal perdão.
 
Perdoar, portanto, passa a ser um dos atributos daquele que aceita Cristo como Senhor. Amor e perdão não nos são dados sob medida; mas abundantemente, que vai até além de “setenta vezes sete”.
 
Que Jesus habite em sua vida nesse dia pelo Espirito Santo e te dê o Seu perdão e a Sua paz. E que você conceda perdão, assim como recebe perdão!
 
Oração: Eterno Deus, tenho quase a certeza de que existem coisas em minha vida que o Senhor já perdoou mais de setenta vezes sete. Peço o Teu perdão, e que o Senhor me lave nesse momento no sangue precioso do Cordeiro que é Jesus, o Teu Filho. Purifica-me Senhor, limpa-me, reveste-me com Tua graça e usa da Tua misericórdia para que eu seja um vencedor em Cristo Jesus, pois no nome dEle eu oro, amém.(Meditação diária-Leandro Gonçalves)

segunda-feira, 14 de maio de 2012

"Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros." Romanos 12.10

Certa vez perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido, aquele que ela mais amava.

E ela, deixando entrever um sorriso, respondeu: 

Nada é mais volúvel que um coração de mãe. E, como mãe, lhe respondo: o filho dileto, aquele a quem me dedico de corpo e alma, 
É o meu filho doente, até que SARE.
O que partiu, até que VOLTE. 
O que está cansado, até que DESCANSE. 
O que está com fome, até que se ALIMENTE. 
O que está com sede, até que BEBA. 
O que está estudando, até que APRENDA. 
O que está nu, até que se VISTA. 
O que não trabalha, até que se EMPREGUE. 
O que namora, até que se CASE. 
O que casa, até que CONVIVA. 
O que é pai, até que os CRIE. 
O que prometeu, até que se CUMPRA. 
O que deve, até que PAGUE. 
O que chora, até que CALE. 

E já com o semblante bem distante daquele sorriso, completou: 
- o que já me deixou, até que o REENCONTRE.

Amo a todos por igual intensamente.
O preferido é aquele que, no momento, está precisando de maior carinho e atenção

Desconheço o Autor

Colaboração de Um Amigo de Deus J. C. Madeira

quinta-feira, 10 de maio de 2012

"Alegrem-se teu pai e tua mãe, e regozije-se a que te gerou." Provérbios 23.25

Uma mulher foi renovar a sua carteira de motorista. Pediram-lhe para informar qual era a sua profissão. Ela hesitou, sem saber bem como se classificar.

- O que eu pergunto é se tem um trabalho, insistiu o funcionário.
- Claro que tenho um trabalho, exclamou.  Sou mãe.

- Nós não consideramos "mãe" um trabalho.  Vou colocar "Dona de casa", disse o funcionário friamente.

Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica.  A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona da situação, perguntou:

- Qual é a sua ocupação?
Não sei o que me fez dizer isto, as palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora:
- Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas.
A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar para o ar e olhou-me como quem diz que não ouviu bem.
Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.
Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.
- Posso perguntar, disse-me ela com novo interesse, o que faz exatamente? 
Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder:
- Desenvolvo um programa a longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas).  Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?), o grau de exigência é em nível de 14 horas por dia (para não dizer 24 horas). 
Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária que acabou de preencher o formulário, se levantou e, pessoalmente me abriu a porta.
Quando cheguei a casa, com o título da minha carteira erguido, fui recebida pela minha equipe: uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 3 anos.
Do andar de cima, pude ouvir o meu novo experimento (um bebê de seis meses), testando uma nova tonalidade de voz.
Senti-me triunfante!

Maternidade... que carreira gloriosa!

Assim, as avós deviam ser chamadas:

"Doutora-Sénior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas". 
As bisavós:

"Doutora- Executiva- Sénior". 
E as tias:
"Doutora - Assistente". 
Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras.

Doutoras na Arte de fazer a vida melhor!

Desconheço o Autor