Loading...
Loading...
Loading...
Loading...

UBE

Loading...
Loading...

Rosas pra você

Loading...

online

Loading...

ELE É...O MEU DEUS DO IMPOSSÍVEL...

Loading...

quarta-feira, 27 de junho de 2012

ELE ME AMA.

Fico admirada com a resposta de Deus às minhas orações,são muito rápidas.

Ja percebi que quanto mais eu o busco,mas Ele fala comigo.

Quanto mais vivo de acordo com sua vontade,mas Ele me abençoa.

Quanto mais oro,jejuo e o louvo,mais Ele me dá paz no coração.

Sei que ainda tenho um longo caminho a percorrer até chegar bem proximo Dele,mas sei também que Ele

está comigo e fará com que a minha caminhada seja de muita Paz.

Quero mais uma vez agradecer a TI meu ABA PAI,por mais essa resposta de hoje.

Obrigado por me cuidar,me orientar,me amar tanto assim.

Cuida da minha vida,da vida da minha filha também,abençoa ela em nome de Jesus,amém.

EU TE AMO.

terça-feira, 26 de junho de 2012

"Quero colocar meu passado em ordem antes que seja tarde demais".

"Se tu, Senhor, observares as iniquidades, Senhor, quem subsistirá? Mas contigo está o perdão, para que sejas temido" Salmos 130.3-4

Quando o príncipe Charles visitou San Diego, EUA, em março de 1974, um homem de 73 anos de idade se aproximou dele e se identificou como Walter Talbot.

Ele confessou ser um desertor e disse que queria se render.

A história de Talbot é a seguinte: Em 1920, o príncipe de Wales naquela época, rei Edward VIII, visitou Montreal, Canadá, com sua frota de navios.

O então jovem marinheiro Talbot, de 19 anos, desertou de um navio que acompanhava o rei, o MS Calcutta, e fugiu para Nova Iorque.

Entrou para a marinha norte-americana, foi dispensado, e depois se alistou novamente para lutar ao lado dos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial.

Em todos esses anos, porém, jamais esqueceu sua terra natal e ansiava pelo retorno.

Quando se rendeu, ele declarou: "Quero colocar meu passado em ordem antes que seja tarde demais".

Por quase dois meses, seu caso foi investigado pelo consulado britânico.

Finalmente, Walter foi informado de que ele havia sido dispensado com honra.

Isso significa que Talbot fora perdoado e, após 54 anos, pôde voltar ao seu país de origem.

Muitos ouviram o Evangelho na infância e receberam o Senhor Jesus como seu Salvador e Senhor.

A maioria, porém, se distanciou dEle ao crescer.

Por um tempo se sentiram seguros na calorosa atmosfera da fé cristã, mas depois "desertaram".

Ocasionalmente, anelam pelo lar espiritual.

Tais desertores podem ficar seguros de que Deus espera por eles e está pronto a perdoá-los.

Mas é preciso ter a mesma atitude de Talbot: "Quero colocar meu passado em ordem antes que seja tarde demais".

Temos de remir o tempo, pois nunca saberemos quando será tarde demais!

Walter Talbot 

Colaboração de Um Amigo de Deus J.C. Madeira

--

segunda-feira, 25 de junho de 2012

"O Amor...Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor nunca falha..." I Corintios 13.7,8

Um famoso professor se encontrou com um grupo de jovens que falava contra o casamento.
Argumentavam que o que mantém um casal é o romantismo e que é preferível acabar com a relação quando este se apaga, em vez de se submeter à triste monotonia do matrimônio.

O mestre disse que respeitava sua opinião, mas lhes contou a seguinte história :

" - Meus pais viveram 55 anos casados. Numa manhã minha mãe descia a escada para preparar o café e sofreu um enfarto.
Meu pai correu até ela, levantou-a como pode e quase se arrastando, a levou até à caminhonete.
Dirigiu a toda velocidade até o hospital, mas quando chegou, infelizmente ela já estava morta.
Durante o Velório, meu pai não falou. 
Ficava o tempo todo olhando para o nada. 
Quase não chorou. 
Eu e meus irmãos tentamos, em vão, quebrar a nostalgia recordando momentos engraçados.
Na hora do sepultamento, papai, já mais calmo, 
passou a mão sobre o caixão e falou com sentida emoção :"

" - Meus filhos, foram 55 bons anos...
Ninguém pode falar do amor verdadeiro se não tem idéia do que é o compartilhar a vida com alguém por tanto tempo."

Fez uma pausa, enxugou as lágrimas e continuou

" - Ela e eu tivemos juntos muitas crises.
Mudei de emprego, renovamos toda a mobília quando vendemos a casa e mudamos de cidade.
Compartilhamos a alegria de ver nossos filhos concluírem a faculdade, choramos um ao lado do outro quando entes queridos partiam.
Oramos juntos na sala de espera de alguns hospitais, nos apoiamos na hora da dor, trocamos abraços em cada Natal, e perdoamos nossos erros...
Filhos, agora ela se foi e eu estou contente.
E vocês sabem por quê ?
Porque ela se foi antes de mim e não teve que viver a agonia e a dor de me enterrar, de ficar só depois da minha partida. Sou eu que vou passar por essa situação, e agradeço a Deus por isso.
Eu a amo tanto que não gostaria que sofresse assim..."

"- Quando meu pai terminou de falar, meus irmão e eu estávamos com os rostos cobertos de lágrimas. Nós o abraçamos e ele nos consolava, dizendo :"

"- Está tudo bem, meus filhos, podemos ir para casa."

E por fim o professou concluiu :

"- Naquele dia entendi o que é o verdadeiro amor.
Está muito além do romantismo, e não tem muito a ver com erotismo, mas se vincula ao trabalho e ao cuidado a que se professam duas pessoas realmente comprometidas."
Quando o mestre terminou de falar, os jovens universitários não puderam argumentar.
Pois esse tipo de amor era algo que não conheciam.
O verdadeiro AMOR se revela nos pequenos gestos, 
no dia a dia e por todos os dias.
O verdadeiro AMOR não é egoísta, nem é presunçoso, 
nem alimenta o desejo de posse sobre a pessoa amada.

" QUEM CAMINHA SOZINHO PODE ATÉ CHEGAR MAIS RÁPIDO, 
MAS AQUELE QUE VAI ACOMPANHADO, 
COM CERTEZA CHEGARÁ MAIS LONGE."

Desconheço o Autor

Colaboração de Um Amigo de Deus

sábado, 23 de junho de 2012

SÓ ELE PODE NOS CONSOLAR.

Sempre falava para as pessoas que podemos até viver com a casa cheia de gente mas na hora da dor,somente Deus sabe exatamente o que estamos sentindo.Prova disso que acabei de falar com uma pessoas que é casada,o marido é maravilhoso,tem dois filhos queridos e lindos,irmã,pai e mesmo assim estava chorando,se sentindo sozinha,ai falei a ela que meus dias são assim:Levanto,tomo café,vou trabalhar,almoço,a noite vou para academia,curso de inglês e vou dormir,totalmente sozinha.
Sempre que aparece qualquer problema na obra,tenho que resolver sozinha,sempre que me sinto indisposta ou aparece qualquer problema de saúde,vou ao pronto socorro sozinha,sempre que acontece alguma coisa boa,fico feliz sozinha,alguma coisa triste,fico triste e choro sozinha,mas aprendi a pedir ao meu Pai,muita força,para continuar,muita força para acreditar que isso é passageiro e logo minha vida vai mudar e finalmente serei feliz,muitas vezes quando busco alguma resposta de o porque que certas coisas estão acontecendo,Ele fala,na palavra, que estou passando por um período de restauração e de cura,para poder,depois receber e saber aproveitar o que está preparando para mim.Algumas pessoas que não tem Jesus no coração acho que estou ficando muito beata,que estou me iludindo,mas eu sei,eu creio que meu Deus,está sim preparando algo de muito bom para minha vida.
Eu creio que um dia irei dar muitos testemunhos de tantas e tantas bençãos e de muitas promessas cumprida.
Fico triste quando penso naquelas pessoas que também vivem assim como eu,só,mas não tem Jesus para ajudá-las,acredito que com certeza essas pessoas sofrem muito.Não quero nem imaginar o que seria da minha vida sem Jesus no meu coração,acho que não estaria mais aqui.
Obrigado Deus,por renovar todas as manhãs as tuas forças em mim.
Obrigado por me sustentar na solidão e na hora da dor.
Obrigado por me consolar quando estou chorando,Eu te Amo.

Salmos 6

19-Salmos Capítulo : 6
1 Senhor, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor.
2 Tem compaixão de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados.
3 Também a minha alma está muito perturbada; mas tu, Senhor, até quando?...
4 Volta-te, Senhor, livra a minha alma; salva-me por tua misericórdia.
5 Pois na morte não há lembrança de ti; no Seol quem te louvará?
6 Estou cansado do meu gemido; toda noite faço nadar em lágrimas a minha cama, inundo com elas o meu leito.
7 Os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e enfraquecem por causa de todos os meus inimigos.
8 Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniquidade; porque o Senhor já ouviu a voz do meu pranto.
9 O Senhor já ouviu a minha súplica, o Senhor aceita a minha oração.
10 Serão envergonhados e grandemente perturbados todos os meus inimigos; tornarão atrás e subitamente serão envergonhados.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

"PLEITEIA, SENHOR, com aqueles que pleiteiam comigo; peleja contra os que pelejam contra mim." Salmos 35.1

Uma das cenas mais comoventes do filme "Contador de Histórias" (Forrest Gump), foi quando Jenny, a namorada de Forest, voltou depois de longos anos envolvida no submundo de drogas e os dois passaram pela casa onde ela foi criada...
se é que se pode dizer que ela foi criada.
Porque ela sofreu todo tipo de violência nas mãos do pai.

Quando ela vê o barraco, agora já adulta, fica totalmente abalada e todas as lembranças da infância horrorosa voltam à mente.
Ela abaixa e pega uma pedra e a joga, com todas as forças, na direção da casa.

Ela acerta uma janela que se desfaz em mil pedaços.
Depois ela pega outra, e depois outra...
Ela joga todas as pedras perto dela e depois cai no chão chorando.

Forrest disse a ela: 

- "Às vezes não há pedra suficiente"
.

As vezes o sofrimento é tanto, que nada há que podemos fazer para alivia-lo, nem a vingança, nem toda nossa raiva resolvem a dor.

Quando sofremos, estamos magoados, e queremos jogar todas as pedras do mundo contra "aquele barraco" onde sofremos.

Pode ser uma pessoa, uma coisa, uma memória, mas como no caso de Jenny, nunca há pedra suficiente para derrubar o
barraco do sofrimento.

De fato,  o único resultado do esforço de jogar pedras, é que caímos no chão chorando.
Desesperados, destruídos por dentro diante da injustiça praticada conosco e a única vontade que nós temos é de encher as nossas mãos de pedras e jogar nos algozes da nossa esperança?

Para que pegar pedras se eu tenho um Deus vivo que me vê?

Para que atirar pedras se Deus transforma minhas perdas em ganho?

Sim ele transforma as nossas perdas em ganho.
As derrotas em triunfo.
As humilhações em honra.

Para que atirar pedras se Deus está presente em todos os momentos de nossa vida? 

Deus está dizendo: 

- "Estou aqui - estou presente."

Pode ser que você também se sinta assim, mas pode ter certeza que Deus virá a você e perguntará:
- "O que há de errado? Eu estou aqui." 
E com esta promessa, quem precisa de qualquer pedra na mão?

Para que atirar pedras se Deus tem nos dado uma missão em nossas mãos?

As pedras não são solução, são uma fuga.
Não podemos abandonar tudo, e esquecer-nos do mundo a nossa volta quando estamos sofrendo.
Deus não nos dá licença para curtirmos nossa dor e esquecer-nos das nossas responsabilidades .

Para que atirar pedras se Deus já tem suprido a vitória?

Muitas vezes tudo que precisamos está bem perto de nós, mas não conseguimos ver a bênção, o milagre a solução dos problemas, porque as lágrimas do desespero, o choro do ressentimento não nos deixa ver aquilo que Deus fez por nós.
Não há pedra suficiente, neste mundo, para aliviar sua dor.
Mas ele nos disse:

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei". Mateus 11.28

Agora, com suas pedras no chão, use-as para construir um altar.
Encontre o Deus verdadeiro, receba seu conforto e diga,

- "Eu vejo o Deus que me vê!" 

Desconheço o Autor

quarta-feira, 20 de junho de 2012

MAIS UMA VEZ...

Obrigado,eu só tenho que agradecer por tudo que tens feito por mim,muito obrigado,mas muito obrigado mesmo meu querido Pai.
A cada dia mais entendo o porque de tudo que aconteceu e está acontecendo,a cada dia mais, fico grata por estar aqui,a cada dia mais,eu sinto que minha vida está mudando,tomando outro rumo,rumo à tão esperada felicidade,apesar de já me sentir muito feliz,sinto que este novo caminho é o caminho de finalmente viver em paz,viver me sentindo amada,respeitada e cuidada com muito amor.
OBRIGADO MEU ABA PAI,TE AMO.

Salmos 91

1 Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará.
2 Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.
3 Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa.
4 Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel.
5 Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia,
6 nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia.
7 Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido.
8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
9 Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação,
10 nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
12 Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra.
13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
14 Pois que tanto me amou, eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque ele conhece o meu nome.
15 Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei.
16 Com longura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação.
"pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti." Isaías 49.15
 
Quando eu tinha 23 anos, tomei a melhor decisão de minha vida.
Pedi em casamento uma mulher bonita e engenhosa.
E ela aceitou, contrariando os conselhos de suas amigas, de sua família e de uma boa parte dos habitantes do mundo ocidental.
No dia do nosso casamento, as damas de honra usaram roupa preta.
Por oito anos, eu fui um exemplo de responsabilidade.
Trabalhava muito.
Enxugava a louça.
Abaixava a tampa do vaso sanitário.
Logo depois, minha esposa engravidou.
Passei a freqüentar cursos de gravidez e aprendi a ser solidário.
Quando levamos Spencer para casa, eu me levantava a noite com minha esposa para alimenta-lo.
E, quando ele regurgitava em mim, eu agia com bom humor.
Três meses depois do parto, Joan voltou a trabalhar fora, em seu emprego de meio expediente.
Na manha do primeiro dia de trabalho, ela me alertou para ficar de olho em nosso filho.
Senti-me ofendido e disse a ela:

- Por favor, querida, será que já não provei que sou um pai confiável?

Por isso, penso que foi a desconfiança de minha esposa que me fez esquecer de levar meu filho comigo quando fui a mercearia naquela tarde.
Eu já estava a caminho da mercearia quando olhei ao redor.
Ele não se encontrava ali.
Corri para casa e o encontrei no berço, olhando-me com ar carrancudo.
Eu sabia o que ele diria quando aprendesse a falar.
Confessei meu erro a Joan em um jantar a luz de velas, presenteando-a com uma nova pulseira de prato.
Por ser cristã, Joan perdoou-me e deu-me mais uma chance.
Na manhã seguinte, após ter-me algemado a Spencer, ela disse: 


- Querido, eu confio em você.

Ao refletir sobre esta experiência, aprendi duas lições:

A primeira é que ter filhos causa um dano irreparável às áreas do cérebro relacionadas com a memória,

e a segunda... Ah... Qual é mesmo a segunda?  

Ah sim, às vezes, todos nós nos sentimos esquecidos.

Na verdade, aprendi a segunda lição quando era criança.
Durante uma viagem de carro, minha família também se esqueceu de mim.
Estávamos de férias - cinco crianças, mamãe e papai - e paramos para comer do Stuckey's.
Eu estava no banheiro quando eles entraram no carro e partiram
Só depois de rodaram mais de 30 km foi que notaram a falta de um dos filhos.
Fizeram uma votação, mas mamãe mudou de idéia no ultimo minuto.

As vezes, então, podemos nos sentir esquecidos.
O texto mais triste da bíblia é quando Cristo pergunta a Deus por que Ele o abandonou.
Se Cristo sentiu-se desamparado, como é que nós podemos deixar de nos sentir esquecidos e abandonados?
Alguns estudiosos da bíblia dizem que não foi isso que Jesus quis dizer, quando clamou na cruz.
Eles dizem que Jesus estava citando a primeira frase do Salmo 22, e que repetiu aquelas palavras para confirmar a conclusão vitoriosa daquele salmo.
Tenho um grande respeito pelos estúdios da bíblia, mas eles estão redondamente enganados a respeito disso.

Penso que Jesus se sentiu esquecido.

Contudo, o tumulo vazio nos prova que Ele foi lembrado.

O mesmo acontece conosco.

E é isso que vou contar a meu filho assim que me lembrar de onde eu o deixei

Philip Gulley

terça-feira, 19 de junho de 2012

"Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo." Apocalipse 3:20 
 
Um homem foi ao barbeiro para cortar o cabelo como ele sempre fazia.
 
Ele começou a conversar com o barbeiro e conversaram sobre vários assuntos.
 
Conversa vai, conversa vem, eles começaram a falar sobre Deus.
 
O barbeiro disse:
 
"- Eu não acredito que Deus exista como você diz."
 
"- Por que você diz isto?" - o cliente perguntou. 
 
" - Bem, é muito simples. Você só precisa sair na rua para ver que Deus não existe. 
Se Deus existisse, você acha que existiriam tantas pessoas doentes? Existiriam crianças abandonadas?
Se Deus existisse, não haveria dor ou sofrimento. Eu não consigo imaginar um Deus que permite todas essas coisas." 
 
O cliente pensou por um momento, mas ele não quis dar uma resposta para prevenir uma discussão.
 
O barbeiro terminou o trabalho e o cliente saiu.
 
Neste momento, ele viu um homem na rua com barba e cabelos longos.
 
Parecia que já fazia um bom tempo que ele não cortava o cabelo ou fazia a barba e ele parecia sujo e arrepiado.
 
 Então o cliente voltou para a barbearia e disse ao barbeiro:
 
" - Sabe de uma coisa? Barbeiros não existem." 
 
"- Como assim eles não existem?" perguntou o barbeiro. "- Eu estou aqui e eu sou um barbeiro." 
 
" - Não!" - o cliente exclamou. "Eles não existem, porque se eles existissem não existiriam pessoas com barba e cabelos longos como aquele homem que está andando ali na rua." 
 
"- Ah, mas barbeiros existem, o que acontece é que as pessoas não me procuram, e isso é uma opção delas" 
 
" - Exatamente!" - afirmou o cliente.  " - É justamente isso. Deus existe, o que acontece é que as pessoas não o procuram, pois é uma opção delas, e é por isso que há tanta dor e sofrimento no mundo." 

”Deus não prometeu dias sem dor; risos sem sofrimentos; sol sem chuva. Ele prometeu força para o dia; conforto para as lágrimas e Luz para o Caminho…”

 
Desconheço o Autor

Colaboração de Uma Amiga de Deus Maria Negro

sexta-feira, 15 de junho de 2012

UM ENGANO?

Será possível viver uma vida toda de enganos?
Será possível você viver com alguem muitos anos e um dia da aquele click e vem na mente a palavra ENGANO?
SERÁ POSSÍVEL?
Bom,se amar é cuidar,querer ficar juntinho da pessoa amada,se preocupar com ela até nos dias de chuva,se levou o guarda-chuva,para não se resfriar,fazer coisas que até vão contra seus princípios para ajudar ou agradar,tentar fazer o máximo para ver esta pessoa feliz então eu amei,mas por outro lado,amar não é sentir muita falta do ser amado?amar não é ficar sem folego quando reencontra este ser?amar não é sentir saudades desta pessoa?
Agora ficou complicado,porque nada disso eu sinto.Até penso as vezes,mas ao mesmo tempo não consigo lembrar de algo maravilhoso que vivemos,ai logo desvio os pensamentos porque caso contrário vou acabar lembrando de coisas muito mas muito feias e tristes.Prefiro mudar de assunto,mas fica aqui uma grande duvida,será que o que vivi todos esses anos foi apenas um engano?Sentimento de posse,orgulho ferido?
Triste conclusão seria.
Sinceramente não sei.

quinta-feira, 14 de junho de 2012

A minha oração no deserto
É dizer que nada me faltará
O meu clamor na dor
É dizer que te amo, meu Senhor

A minha arma na angústia é o louvor
O que me mantem de pé
É a nossa aliança de fé

(Repete)

Aleluia, Aleluia

Nossa aliança é de fé
Nossa aliança é de amor
Nossa aliança é eterna
Está firmada no Senhor(5x)

http://www.kboing.com.br/andre-valadao/1-1105143/
"Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. " João 16:33

É interessante como a gangorra, aquele brinquedo típico dos parques de diversão lembra os movimentos da vida.

É como se ela fosse a representação lúdica da realidade. 

Na verdade, a vida é como a gangorra, ora estamos em cima, ora estamos embaixo. 

Em alguns dias nos sentimos muito bem, tudo dá certo. 
As coisas acontecem num fluir de paz e alegria. 
Parece até que Deus nos toma em Seus Braços e caminha conosco pelos corredores da existência.
Nada nos falta! 

O que era paz transforma-se numa agonia. 
A sensação de segurança da lugar ao pânico. 
Motivos: Surpresas desagradáveis, enfermidades, crise financeira, luta na família. 
Nessas horas, até a fé entra em crise, pois imaginamos que Deus nos abandonou. 

Na verdade, a gangorra representa simbolicamente a busca do PONTO DE EQUILÍBRIO entre os movimentos de subida e descida e nesta constante alternância, ela nos ensina importantes lições.

Nínguem pode viver na ilusão de que vivemos num eterno estado de graça. 
Tampouco conceber a vida como um contínuo sofrimento, como se isto fosse um destino. 
Com certeza, a vida nem pode ser concebida como uma experiência que exclui o sofrimento, nem como uma agonia constante. 
A vida é um eterno desafio na busca do equilíbrio entre a dor e a alegria, a noite e o dia, as lágrimas e o sorriso.

Viver é conviver sobriamente como o lúdico e o trágico, a fé e a incerteza. 

É saber atravessar os vales escuros para contemplar o nascer do sol. 

Os movimentos difíceis servem como adubo que fertiliza o solo da nossa existência, as lágrimas irrigam as sementes de onde brotam ESPERANÇA e VITÓRIA, na certeza de que viver é uma experiência maravilhosa.

Por fim, a gangorra também representa um desafio ao nosso relacionamento com Deus. 

Reconhecê-lo quando estamos por cima, e adorá-lo quando estivermos por baixo, revelarão nossa consciência da Sua Presença em nossa vida. 

A vida é, por excelência uma experiência de luz e esperança. 

Contudo, no seu transcorrer, podemos deparar-nos com a dor, a tristeza e a escuridão. 

É a gangorra em movimento, mas o que importa é a busca do Equilíbrio.

O Senhor é o ponto de equilíbrio da gangorra. 

Por isso a Bíblia diz: "Em tudo daí graças". (1 Tessalonicenses 5.18). 

A fé que não é confrontada com a adversidade não passa de mera crendice.

Autor Pr. Estevam Fernandes de Oliveira 

Colaboração de Uma Amiga de Deus Norma Correia de Brito

--

terça-feira, 12 de junho de 2012

"Com a nossa língua prevaleceremos; os nossos lábios a nós nos pertencem; quem sobre nós é senhor?" Salmos 12:4

Um dia peguei um taxi para o aeroporto. 

Estávamos rodando na faixa certa quando de repente um carro preto saltou do estacionamento na nossa frente.

O motorista do taxi pisou no freio, deslizou e escapou do outro carro por um triz!

O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar para nós, nervosamente.

O motorista do taxi apenas sorriu e acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo.

E eu quero dizer que ele o fez bastante amigavelmente.

Assim eu perguntei:

'Porque você fez isto? Este cara quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!'
Foi quando o motorista do taxi me ensinou o que eu agora chamo

"A Lei do Caminhão de Lixo." 
Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo.
Andam por ai carregadas de lixo, cheias de frustrações, cheias de raiva,  traumas e de desapontamento.
À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar, e às vezes descarregam sobre a gente.
Não tome isso pessoalmente. Isto não é problema seu!

Apenas sorria, acene, deseje-lhes bem, e vá em frente.
Não pegue o lixo de tais pessoas e nem o espalhe sobre outras pessoas no trabalho, em casa, ou nas ruas.
Fique tranqüilo...

O princípio disso é que pessoas bem sucedidas não deixam os caminhões de lixo estragarem o seu dia.
A vida é muito curta para levantar de manhã com sentimentos ruins, aborrecimentos do trabalho, picuinhas pessoais... ;
Assim... Ame as pessoas que te tratam bem.
Ore pelas que não o fazem.
Peça a proteção de Deus para tais pessoas...

A vida é dez por cento o que você faz dela e noventa por cento a maneira como você a recebe!

Tenha um dia abençoado sem LIXO

Autor desconhecido.

Colaboração de Uma Amiga de Deus Tânia Reis

DIA DOS NAMORADOS.

A quatro anos passo o dia dos namorados sozinha.
Não sinto falta dos anteriores a estes.
Todo ano era a mesma repetição,ou uma amiga tinha que comprar flores e entregar na mão dele,ou então eu ficava sem nada,sem nem mesmo um PARABÉNS PRA VOCÊ!
Então,depois desses anos só,percebi que prefiro a solidão ao desprezo.
Dia dos namorados é um dia em que devemos agradecer a Deus pela pessoa que colocou em nossas vidas para junto caminharmos ao encontro DELE.
Este dia deve ser glorificado a ELE,porque só por ELE é que podemos partilhar nossos dias com alguém que chamamos de ESPECIAL.
Claro,quando este alguém é mesmo especial.
Alguém especial nos respeita,nos cuida,enfim,nos ama,poque quem ama cuida,se preocupa e respeita a pessoa amada.
Quero pedir a Deus,que se for da vontade Dele,me abençoe com um alguém MUITO ESPECIAL.
Deus sabe do meu coração,sabe o que gosto,o que preciso e o amor que tenho para dar,a ELE  em primeiro lugar e a quem ELE escolher para caminhar ao meu lado o que sobrou da estrada da minha vida.
Mas mesmo estando sem ninguém ao meu lado,estou muito feliz por não ser humilhada,rejeitada e esquecida porque o amor que sinto no meu coração que vem de Deus,supre todas minhas carências.
Obrigado meu ABA PAI,eu te amo.

terça-feira, 5 de junho de 2012

SÓ POR HOJE,EU QUERO TE AGRADECER.


Agradecer o cuidado que tens por mim.
A atenção que dispensas durante todo meu dia.
O carinho,colocando pessoas queridas no meu caminho.
A dedicação, me mostrando quando posso mudar algo em mim, para ser melhor.
A credibilidade,me capacitando a fazer algo que parecia ser muito difícil.
O apoio,me ajudando a superar cada obstáculo,cada dificuldade.
E agradecer também pelo amor incondicional que tens provado sentir por mim,cuidando de cada detalhe que acontece a cada segundo de cada dia da minha vida.

SÓ POR HOJE NÃO FUI HUMILHADA.
SÓ POR HOJE NÃO CHOREI.
SÓ POR HOJE NÃO FIQUEI TRISTE.
SÓ POR HOJE NÃO ME SENTI SÓ.
SÓ POR HOJE EU ME AMO MAIS.
SÓ POR HOJE EU ME SINTO AMADA.
SÓ POR HOJE EU FUI FELIZ.
OBRIGADO MEU ABA PAI,EU TE AMO.