Loading...
Loading...
Loading...
Loading...

UBE

Loading...
Loading...

Rosas pra você

Loading...

online

Loading...

ELE É...O MEU DEUS DO IMPOSSÍVEL...

Loading...

terça-feira, 26 de abril de 2011

E se a minha igreja fosse um time de futebol?


Dia desses, eu estava pensando...

E se a minha igreja fosse um time de futebol?

Isso mesmo!

Ah, se a minha igreja fosse um time de futebol...

Se a minha igreja fosse um time de futebol, todo domingo ia ser uma festa, as pessoas iriam estar alegres, esperançosas porque o craque iria entrar em campo.

As pessoas iriam levar suas famílias, e comentariam no caminho pro jogo sobre como nosso time era bom, relembrando dos grandes momentos e dos grandes jogos do passado.

A semana toda seria em função do time, conversando, comentando, vibrando e esperando ansiosamente pelo proximo momento de ir ao estádio.

Se minha igreja fosse um time de futebol, todo mundo vestiria a camisa e não se cansaria de cantar, nem de ver o time em campo. 

Os torcedores fariam questão de contribuir com o time e, por mais caro que fosse o ingresso, o amor pelo time seria maior.

Afinal de contas, amor é pra sempre não é?

Se a minha igreja fosse um time de futebol não interessaria a hora do jogo, se o jogo era importante, não interessaria nem mesmo os jogadores, mas apenas a camisa, o time.

Mesmo se o elenco não fosse essa maravilha e sempre pisasse na bola, a torcida gritaria:

"Eu nunca vou te abandonar, porque eu te amo!"

O time seria maior que os dirigentes, seria maior que os jogadores, seria maior que a torcida...

Se minha igreja fosse um time de futebol, as alegrias seriam eternas como aqueles títulos ganhos há décadas atrás e as tristezas... bom, as tristezas tentariam servir de lição, por mais que se repetissem.

Se a minha igreja fosse um time de futebol, eu falaria dela a semana inteira, contando do lance inacreditável ou da alma salva no último minuto.

Eu defenderia tanto o meu time, que algumas pessoas iriam querer ver um jogo, e se encantariam pela torcida, e por fim, se tornariam, torcedores também.

Se minha igreja fosse um time de futebol, eu não teria vergonha nem da mais vergonhosa derrota, nem que ele caísse pra última divisão, porque eu sempre saberia que o time era maior que tudo aquilo.

Se a minha igreja fosse um time de futebol, as diferenças entre os torcedores cairiam por terra...

O rico, o pobre, o negro, o branco, a mulher, o homem, a criança e o idoso... todos estariam juntos pra gritar o único nome que realmente importava.

Seria uma só bandeira, um só amor que nunca acabaria.

Isso se minha igreja fosse um time de futebol...

Desconheço o Autor

Colaboração de Um Amigo de Deus Pr J.C.Madeira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIQUE A VONTADE,SUA OPINIÃO SÓ VAI MELHORAR ESSE BLOG.
OBRIGADO